da filosofia à ficção, retratando a realidade
comentar
publicado por santissimatrindade, em 16.06.08 às 23:28link do post | favorito

Aqui no santissíma trindade a expressividade nunca é a mesma para todos os intervenientes... Em tempo de europeu de futebol também eu quero deixar vincada a minha opinião. Nunca é demais repetir o mesmo tema. Afinal, o mesmo repete-se de hora a hora (senão mais!!) em toda a midia Portuguesa, europeia, mundial..

Ora eu e mais 15 milhões de Portugueses queremos mesmo que a dita selecção vá é longe e ganhe tudo o que é possível ganhar... Agora e sempre. No entanto, as coisas estão bem definidas na minha cabeça...

A mim não me agrada, esta excessiva capitalização do desporto, sendo clubes empresas, o jogo um negócio! O futebol não é excepção, é o derradeiro exemplo. Perdeu-se o espectáculo, focalizou-se na treta do fair play, recheou-se o desporto do mais puro valor da sociedade actual: a ganância capitalista!

A wikipédia descreve desporto como "um fenômeno sociocultural, que envolve a prática voluntária de actividade predominantemente física competitiva com finalidade recreativa ou profissional, ou predominantemente física não competitiva com finalidade de lazer, contribuindo para a formação, desenvolvimento e/ou aprimoramento físico, intelectual e psíquico de seus praticantes e espectadores. Além de ser uma forma de criar uma identidade desportiva para um inclusão social.
A atividade dsportiva pode ser aplicada ainda na promoção da saúde em âmbito educacional, pela aplicação de conhecimento especializado em complementação a interesses voluntários de uma comunidade não especializada.
"

Nesse sentido eu sou completamente a favor do desporto, da selecção de futebol e do seu sucesso... Só não vou literalmente á bola é com o aproveitar das marcas, constantemente a promover o seu branding, fazendo um marketing sujo, sem anunciar produtos, apenas atacando a frágil percepção dos espectadores, os fãs...
Não vou também á bola com os ordenados milionários e a movimentação de verdadeiras fortunas quando estas verbas poderiam e deveriam ser canalizadas a combater causas sociais bem cruciais para o desenvolvimento humano. Não só na Europa. Global! Os jogadores não precisam de prémios de jogo milionários... Se estes amam a camisola, os dividendos que retiram dos seus clubes deveriam ser suficientes para instituir a nobreza no desporto. Trazer de volta o conceito de desporto grego. Trazer de volta noção a de competição, de esforço, de luta, de honra.

Andamos metade do ano a dizer mal do nosso país... Falamos mal de politicas, de modelos, de caminhos... Emigramos porque as coisas cá dentro estão más e as condições de outras nações favorecem o nosso conforto. Abandonamos familias, aldeias, em busca de melhores oportunidades. Chega o europeu e a nossa portugalidade vêm ao de cima. Manifestada na maior das convenções, na imagem bem viva da manipulação a que estamos sujeitos... Nos hipermecados os preços estão pintados sobre bandeiras pixelizadas. Nas janelas abundam outras tantas de pano chinês... Nos carros, na rua, nas lojas... Identificámo-nos com todos os nossos manipuladores. Caminhamos em seu caminho e por sua vontade.

Amo o desporto... Amo o futebol... Aqueles 90 minutos de arte (quando se assume como tal) fazem para mim todo o sentido. Respeitam a definição de desporto. Tudo o resto é folclore... Tudo o resto é loucura social quando as verdadeiras batalhas são aquelas que lutámos dia-a-dia apenas para viver. Detesto o simplismo, detesto esta miséria mascarada de felicidade extrema. Afinal, um jogo vale o que vale e depois do europeu todos nós continuaremos a viver... Bem, quase todos!

Este conceito de comunhão entre as diversas nações... A mim... Dá-me vómitos! Que é aliás o que mais se faz por aí... Não se grita por Portugal, vomita-se Selecção!!

 

Artificial... Plástico...


Anónimo a 12 de Julho de 2008 às 08:37
deves de estar com uma gastroenterite... daí os vomitos...
beijos à prima

mais sobre mim
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29


pesquisar no santissima
 
blogs SAPO