da filosofia à ficção, retratando a realidade
comentar
publicado por santissimatrindade, em 27.05.08 às 05:01link do post | favorito


Treze de Maio, o santuário enche-se para ver passar Maria. A fé na plenitude da sua manifestação, o mistério e a esperança, milhares de crentes num rito único até á expurgação última da angústia de estar vivo.
O que é que faz com que ainda hoje, tantas almas acreditem na aparição metafísica de Maria em Portugal, a Imaculada mãe do Profeta Evangélico, que aparece na história sob o disfarce de messias? Convenhamos, estas pobres e infantis almas, quanto mais as tento respeitar, mais me dão vontade de rir.
Qualquer argumento racional contra este embuste, esbarra imediatamente na teimosia daquilo a que chamam fé. Mas Fátima veio para ficar, está maior, mais bonita e com mais fiéis. Há gente que vem de longe, mais fiel ao mito que a si mesma, para rastejar sua miséria nos corredores da nova catedral.
Até quando esta necessidade de muletas simbólicas para os nossos medos mais originários?
Até quando estes vícios mitológicos para esconder uma razão envergonhada da sua incapacidade?
Caríssimos fiéis, enquanto aguardais a redenção na sala de espera da mentira, alguém se alimenta da vossa triste fé.
Acordem!

o meu ego está:

Inês a 26 de Junho de 2008 às 00:20
:) Ganda Zé

mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
23

25
29
30
31


pesquisar no santissima
 
blogs SAPO