da filosofia à ficção, retratando a realidade
comentar
publicado por santissimatrindade, em 07.08.09 às 03:02link do post | favorito

 

Sentada na tribuna avisto ninhos negros de água benta,
a vomitar heresias de tão empanturradas de cera.
Na janela ao lado, Cândida espreita atenta,
Presumivelmente até o seu cão a deixa á espera.

Como é amargo passar a rotina inundada em cio.
O afazer converte-se em peva, e …olá evasão,
Afago com timidez nas coxas aqueloutro rio.
Leviandade é não poder seduzir o patrão.

Minha mãe a todos assevera que não caso,
Para meu consolo ao menos não acabo sufocada num vaso.
“Deixa a loiça mulher e anda para cama para te montar”,
Parece que ainda ouço, Deus o tenha, o meu pai a rezingar.

Trechos graciosos e vindos do talho deixam-me à cuca.
Apenas quero um sujeito que me massaje a nuca.
Recebo padres, presidentes e ontem dei banho ao coronel

…Porque Entre a virtude e o altar …prefiro a santidade do bordel.


Texto e illustração: Aurélia Maia

o meu ego está:

mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14
15

17
19
20
21
22

23
24
25
27
29

30
31


pesquisar no santissima
 
blogs SAPO