da filosofia à ficção, retratando a realidade
comentar
publicado por santissimatrindade, em 11.05.09 às 22:56link do post | favorito


Por detrás dos cortinados vive Zélia, uma viúva fascinada com sua própria formosura,   deslumbra-se com bijutaria barata e trezentol. De costas para o sofá reflecte frente ao espelho, já estalado outrora pelo tempo ou por temperamento frustrado, a beleza do seu o seu corpo devidamente decorado por estigmas das coxas á face, tudo em louvor do messias.
Carina, uma trintona virgem e vizinha desta, embebida num cinismo pretensioso e  cusquice assimilada, tenta avistar o que escondem aquelas cortinas encardidas pelo fumo e sedentas de uma lavagem a seco. Um buraco de cigarro na cortina, proporciona a esta o espectáculo no interior de quarto de Zélia, que se masturba com um crucifixo lubrificado em óleo fula onde fritou rissóis de berbigão.
Carina ao ver aquilo fica chocada e desorientada, começa a correr até à rua da desgraça. Entra num tasco e dirige-se para a retrete, onde encontra um homem de mastro na mão a regar o urinol. Em dez segundos o hímen desta é rasgado trazendo consigo uma descarga de emoções e sensações à ex- virgem desalmada. Foi através de um buraco de uma cortina que Carina se descobriu a si própria.
 

by Jusis 2009

o meu ego está:

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

18
20
21
23

24
25
30

31


pesquisar no santissima
 
blogs SAPO